Social Icons

Pages

domingo, 22 de março de 2009

Canais tentam se distanciar dos programas estrangeiros



A importação de formatos de programas de televisão é cada vez mais freqüente no Brasil. Desde participantes trancados em casas vigiadas por câmeras ou executivos disputando sociedade em uma multinacional de sucesso, as adaptações de produções estrangeiras crescem por aqui.
E chegam a alavancar audiências de horário nobre ou até de programas algumas vezes desgastados. "A gente só investe no que dá certo. Se faz sucesso lá fora, no mínimo, é porque o formato é bom.

Uma vez comprados os direitos, o ideal é dar um toque pessoal ao que vai ser exibido por aqui", opina José Amâncio, diretor do bem-sucedido O Aprendiz, versão nacional do americano The Apprentice, que estréia no início de abril sua versão universitária na Record.

Sucesso na Globo desde a exibição de sua primeira versão, em 2001, o Big Brother Brasil é um dos maiores exemplos de programas que podem ganhar traços locais mesmo com um formato importado.

Tanto que é difícil separar o que veio do projeto original do que foi adaptado aqui. "Quase tudo que vemos hoje é nosso. O paredão triplo, o castigo do monstro, as provas, a divisão da casa em lados diferentes, o voto aberto, o anjo, os paredões extras, todas essas idéias são brasileiras", garante o diretor geral Boninho.

Ele vai além. "O Big Brother daqui já é 100% brasileiro", exagera. Mas nem sempre isso é possível em todos os produtos.
"Tentamos explorar temas diferentes e viajar por cidades brasileiras para mostrar culturas distintas", explica Cris. Os rapazes do CQC, da Band, também costumam "abrasileirar" o humor do jornalístico criado na Argentina explorando situações tipicamente nacionais.

O que não parece ser tão difícil. "Temos um cenário político caótico suficiente para que os assuntos sejam sempre bem particulares", brinca Rafael Cortez.

Caminho inverso
Luciano Huck é um dos adeptos dos formatos importados para alavancar a audiência de seu Caldeirão do Huck, da Globo. Mas o apresentador conseguiu inovar e, curiosamente, o maior sucesso de seu programa atualmente está atrelado a um formato desenvolvido por sua própria equipe e, agora, vendido para o exterior.

Trata-se do Soletrando, disputa entre crianças para saber quem é melhor soletrando palavras da Língua Portuguesa. "Já foi oferecido em algumas feiras internacionais e a receptividade foi excelente", informa Luciano.

A idéia de fazer o quadro surgiu a partir do National Spelling Bee, evento americano que reúne crianças de todas as regiões dos Estados Unidos em um campeonato de soletração. A disputa é televisionada, mas não se tratava de um produto da televisão.

"Criamos um formato televisivo com começo, meio e fim", resume Luciano, que importa os formatos do Lata Velha e do Lar Doce Lar.

Instantâneas # A idéia de fazer uma edição para universitários de O Aprendiz veio da própria resposta de público através da internet. Muitos reclamavam que não podiam se inscrever por ainda não estarem graduados.
# Ao contrário dos variados programas estrangeiros de reforma de carros, como o Overhaulin', do Discovery Channel, os participantes precisam pagar uma prenda no palco de Luciano Huck para recuperarem seus carangos reformados.
# O Domingão do Faustão viu sua audiência decolar ao exibir um quadro similar ao Dancing with the Stars, o Dança dos Famosos.
# Eliana começou a aumentar a audiência do Tudo É Possível, da Record, com um formato importado da MTV americana. O Saindo com a Sogra caiu no gosto popular e o programa se consolidou nas tardes de domingo em 2005.

fonte:Terra

Um comentário:

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil! - disse...

VejaBlog
Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
http://www.vejablog.com.br

Parabéns pelo seu Blog!!!

Você está fazendo parte da maior e melhor
seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs Premiados -
Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

O seu link encontra-se no item: Blog

http://www.vejablog.com.br/blog

- Os links encontram-se rigorosamente
em ordem alfabética -

Pegue nosso selo em:
http://www.vejablog.com.br/selo


Um forte abraço,
Dário Dutra

http://www.vejablog.com.br
....................................................................

 

Sample text

Sample Text

Contador de visitas
OnLine

Sample Text

Luciano Huck é de São Paulo(3 de setembro de 1971). Trabalhou na 89 FM, antiga rádio rock de SP e de lá foi para a Jovem Pan, onde sua carreira deslanchou com o programa "Mingau" e depois com o "Torpedo da Pan",Começou sua carreira televisiva naTV Gazeta de São Paulo com o programa Circulando, que durava dez minutos e era apresentado no final da noite. Ganhou fama nacional apresentando o Programa H , um programa de variedades voltado ao público juvenil na Rede Bandeirantes de Televisão.Atualmente, apresenta o Caldeirão do Huck na Rede Globo,nas tardes de sábado.